︎


CRITIQUE é um spa digital de David Marques e Tiago Cadete onde se oferecem tratamentos que promovem o pensamento crítico sobre as artes performativas.

Neste ambiente de trabalho e relaxamento, a crítica tem boas intenções, é curiosa e construtiva. Os utilizadores são convidados a entrar, a compor o espaço desta cenografia virtual e a descobrir cada adereço.

Para além de entrevistas e sugestões de leitura, atualizadas semanalmente, encontrarão neste spa propostas de reflexão sobre espetáculos que ficaram nas suas cabeças. As respostas serão depois usadas como material para a construção de uma peça ao vivo.

E se os pensamentos que nos atravessam quando pensamos sobre uma peça de dança ou de teatro produzissem um novo discurso? E se, afinal, o CRÍTICO e a CRÍTICA fôssemos nós?


︎


Direção artística e investigação: David Marques e Tiago Cadete
Design: Diogo Brito
Administração: Vítor Alves Brotas
Co-produção: Agência25, Co-pacabana e PARCA
Parceiro Institucional: Fundo de Fomento Cultural


︎


Pense num espetáculo a que assistiu e que lhe pareça dialogar com outro objeto artístico já existente (uma peça, um filme, um objeto de artes visuais) Explique-nos a relação possível entre eles.


︎


Fale-nos de um espetáculo cuja folha de sala e o que se passava em cena pareciam não ter a ver. Explique-nos porquê.


︎


Fale-nos de um espetáculo a que assistiu e com o qual se relacionou a partir do conhecimento que já tinha do percurso da/o sua/seu criadora/or.


︎


Pense num espetáculo a que assistiu e do qual não gostou particularmente, mas no qual reconheceu qualidade artística. Explique-nos porquê.


︎


Lembre-se de um espetáculo a que assistiu e que gerou conversas informais interessantes no final. Diga-nos porque considera que isso aconteceu.


︎


Alguma vez decidiu ir ver um espetáculo por causa do seu título? Explique-nos o que a/o motivou.


︎


Na sua opinião, o que faz uma boa crítica?


︎


Fale-nos de um espetáculo de dança ou de teatro a que tenha assistido e que o tenha feito interessar-se por um assunto que até ali não lhe era próximo.